Castanhal - PA
WhatsApp

91 98146-6818

Hospital Bettina vai tratar doenças como a Apneia - Nós Na Mídia

Saúde

09/06/2016 às 10h09 - Atualizada em 09/06/2016 às 10h09

Hospital Bettina vai tratar doenças como a Apneia

administrador
Castanhal - PA
FONTE: O Liberal

Foto: Divulgação

Aquele ronco inofensivo que atrapalha o sono durante a noite pode esconder, em mais de 90% dos casos, problemas de saúde mais graves sem um correto diagnóstico. Um deles é a Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) - síndrome crônica, evolutiva, com alta taxa de morbidade e mortalidade, em que o indivíduo para de respirar repetidas vezes durante o sono, devido à obstrução da via respiratória superior (garganta), acompanhada da dessaturação da oxihemoglobina. A SAOS afeta 50 milhões de pessoas em todo o mundo. 


O assunto será pauta das discussões de otorrinolaringologistas e especialistas em sono paraenses durante o I Curso Teórico-prático de Ronco e Apneia do Sono, amanhã e sábado, em Belém. O evento, primeiro da região Norte, será no auditório do Serviço de Otorrinolaringologia do Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza, da Universidade Federal do Pará (UFPA), instituição onde funciona o Laboratório do Sono, referência regional. O evento é uma realização do Bettina, em parceria com a Associação Brasileira do Sono e a Audibel Belém, empresa de aparelhos auditivos que comercializa equipamentos que auxiliam no diagnóstico e terapêuticos para otorrinolaringologia e que apoia eventos científicos dessa natureza.


Com o laboratório do Sono, agora no Pará os casos de ronco e apneia do sono são tratados por otorrinolaringologistas cada vez mais especializados no assunto. “A apneia é um dos principais distúrbios do sono, causada por alterações obstrutivas na faringe e no nariz”, explica Dr. Henderson Cavalcante, otorrinolaringologista diretor do laboratório no Hospital Bettina”. Segundo o fonoaudiólogo e sócio-diretor da Audibel Belém Paulo Morais, hoje existem vários tipos de tratamento para a apneia, entre eles o uso do CPAP, um pequeno aparelho compressor de ar de alta tecnologia que se conecta, através de um circuito flexível, a uma máscara ajustada ao nariz ou à boca do paciente. O aparelho, disponível em Belém na Audibel, previne a obstrução da garganta durante o sono e restabelece o sono normal ao indivíduo. Atualmente é considerado o tratamento mais eficaz e mais utilizado para o tratamento da apneia obstrutiva do sono. “O importante é tratar, senão a apneia piora com o tempo”, explica Paulo.  


O também fonoaudiólogo e sócio-diretor da Audibel Belém Sandro Macedo explica que um dos principais sintomas da Apneia é o ronco muito alto. Além disso, quando a pessoa apresenta características como obesidade, idade moderada (40 anos), pescoço curto e grosso e vias aéreas comprimidas, é bom procurar um especialista, que lhe receitará um exame de Polissonografia. “O ronco ensurdecedor é um sinal da Apneia, mas nem todo mundo que ronca tem Apneia”, esclarece Sandro. 


Outros sintomas além do ronco são a irritação, dificuldade de concentração, sudorese, cansaço, alteração de memória e diminuição da libido. Uma pessoa com Apneia pode ter paradas respiratórias de mais de um minuto. Nesse meio tempo, o coração bate mais rápido e o sangue fica sem oxigenação, o que pode causar vários problemas associados como hipertensão, complicações cardiovasculares, acidente vascular cerebral e acidentes de trânsito e no trabalho.  Recentemente, a síndrome teve seu quadro ligado a casos de morte súbita, além de pesquisas indicando que o sistema circulatório de uma pessoa com Apneia possui cerca de 10 anos a mais do que de alguém que não apresenta o quadro. 


Exame


Para ter acesso ao exame de Polissonografia no Bettina Ferro, a pessoa precisa ser encaminhada por uma unidade de saúde para o hospital, onde passará por uma consulta no Serviço de Otorrinolaringologia, e, se for constatada a suspeita de distúrbio do sono, o paciente será encaminhado à realização do exame. 


O Hospital Bettina fica no Campus IV da UFPA, rua Augusto Corrêa, nº 1, bairro do Guamá, com acesso também pela avenida Perimetral, portão IV da UFPA, Terra Firme. Telefone: (91) 3201-7819. A Audibel Belém fica na Travessa Dom Romualdo de Seixas, 832, bairro do Umarizal. Telefone: (91) 3242-3546. Horário de Funcionamento: segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h, e sábado, das 8h30 às 12h.


A inscrição ao I Curso Teórico-prático de Ronco e Apneia do Sono custa R$ 250,00 e pode ser feita pelo e-mail: otorrinolaringologiahubfs@ufpa.br ou pelos telefones (91) 3201-7819 / 3201-8578 / 98245-5967 / 98118-0265 (WhatsApp). O curso será nos dias 10 e 11 de junho, com carga horária de 10h. Na sexta o horário é de 13h às 18h e no sábado de 08h às 13h. 


Dicas 


Higiene do Sono


- Respeite seu horário de dormir;


- Mantenha horários regulares de sono;


- Evite ficar na cama depois que a necessidade de sono foi satisfeita;


- Evite a exposição à luz intensa à noite, como dormir com a TV ligada;


- Evite o banho muito quente antes de dormir. Prefira o morno;


- Siga rituais e rotinas que o deixem relaxado;


- O exercício físico regular melhora a qualidade do sono;


- Evite sonecas à tarde;


- Não se ocupe de tarefas ou assuntos que o preocupem antes de dormir;


- Evite comer muito antes de ir para a cama, mas não vá para a cama com fome;


- Evite cafeína após o jantar;


- Não tome álcool até seis horas antes de dormir;


- Não fume antes de dormir;


- Evite automedicar-se para dormir;

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 327 VEZES

Comentários

Veja também

Nós Na Mídia
Editoriais
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados - Desenvolvido por: Diego Smith